15 de mai de 2009

TODOS NÓS FOMOS CÉLULAS TRONCO EMBRIONÁRIAS

A discrepância na arregimentação da lei de Biossegurança, que foi aprovada começa desde seu nascimento quando foi amalgamado dois assuntos bem distintos, merecedores de amplo e diferenciado debate: pesquisas e comercialização com transgênico e com células tronco embrionárias.

Na véspera da votação o Jornal Folha de São Paulo, e jornal O Globo admoestaram em seus editoriais os ministros acerca da laicidade do estado. Na mesma linha defensiva e imparcial no debate, seguiu o Jornal O Estado de São Paulo, Correio Brasiliense, as revistas Veja e Época. Todos instando os ministros a manterem a Lei como foi aprovada no Congresso em 2005.
No entanto vale ressaltar que, esse estado laico é composto por cerca de 73% de católicos e 15% de evangélicos o que, consolida um considerável bloco que tem como princípio a vida e sua defesa em todos os estágios, da concepção até o seu declínio natural. Isso não se trata de totalitarismo, mas de democracia e respeito à opinião adversa.
Os apelos emocionais na defesa das pesquisas com células tronco embrionárias são contínuos. O ministro Carlos Ayres de Brito que votou a favor, na primeira votação, em seu longo discurso no STF, após fazer ode a ciência citou para os presentes relatos dos filhos da atriz Isabel Fillardis e do jornalista Diogo Mainardi, ambos os pais de crianças com problemas neurodegenerativos graves.
Contudo, não se pode esquecer a destruição em massa de embriões que ocorrerá a partir da liberação destas pesquisas. Outro dado científico relevante é o fato do êxito das pesquisas com células tronco adultas utilizadas por mais de 20.000 pessoas em estudos clínicos e terapias de 73 tipos de doenças.
Considerando um princípio básico de filosofia, o de Parmênides, “O ser é e não pode não ser ; o não-ser não é e não pode ser de modo algum”, assevera-se que o ser humano existe desde o primeiro momento em que Possui potência para ser, pois se naquela condição inicial ele não possuísse tal condição não poderia jamais sê-lo. Logo, todos nós fomos um dia células tronco embrionárias

Um comentário:

Ingrid disse...

Olha, eu me considero mto católica...mas qdo o assunto é esse das células troco para tratamento de doenças eu fico tão confusa...já li de tudo, de todos os lados...e ainda fico confusa...
Deixa então que Jesus convence né!!!
Bjssss