16 de jan de 2012

Mãe de participante do BBB pode acionar justiça e processar suposto abusador da filha

[televisão]

Os internautas alardearam nas redes sociais, "houve estupro no BBB" e pediram durante todo o dia a retirada do suposto abusador do programa. A Globo negou, mas retirou o vídeo de seu site e pediu que também fosse removido do Youtube o que só fez aumentar a reivindicação dos telespectadores que acompanham a baixaria.

Nas cenas exibidas presume-se que um dos participantes  - Daniel - tenha se aproveitado sexualmente de uma das participantes  - Monique - estando essa desacordada.

O reality show é de um nível baixíssimo e por estar na décima segunda edição não há mais o que inventar, resta apelar. Chegou a tanto que até mesmo quem gosta da atração começa a reclamar.


Muitos telespectadores  questionam o porque de empresas renomadas como Niely Cosméticos, Fiat, Devassa, Omo e Guaraná Antártica associam suas marcas a uma produção de baixo nível como é o BBB.


O jornal EXTRA publicou neste domingo que a mãe de Monique pretende acionar a justiça e processar Daniel. Acompanhe o texto:

“Foi um absurdo”. As palavras resumem toda a revolta de Claudia Amin, mãe de Monique, sister do “Big Brother Brasil 12” que acordou na manhã deste domingo envolvida numa grande polêmica. Após ter bebido muito na Festa Fusion, que começou sábado à noite e só terminou domingo de madrugada, a gaúcha se deitou numa das camas do Quarto Selva e, segundo ela, apagou. Ao seu lado se deitou Daniel, e, mesmo com as luzes apagadas, as câmeras conseguiram pegar uma movimentação intensa embaixo do edredom. A participante disse que não se lembra do que aconteceu, deixando em dúvida se estava ou não acordada. Fato é que o modelo acabou sendo acusado pelos espectadores de ter se aproveitado da loura.

— Eu vi o vídeo várias vezes, e deu para ver claramente que ela está de olhos fechados o tempo todo. Só mexe a mão uma única vez, deve ter sentido alguma coisa na hora e tentou tirar. Fora isso estava dormindo. Quer dizer, dormindo não. Minha filha estava apagada, porque bebeu demais e apagou. Deu para ver que a guria estava com a cabeça para cima o tempo todo, jogada na cama, desmaiada porque tinha bebido — diz a mãe da sister.

Possível processo

Apesar de dizer que a filha estava dormindo durante a movimentação na cama, Claudia prefere não afirmar que Monique foi vítima de abuso. Mas já pensa em entrar na Justiça contra o participante.

— Não quero dizer uma coisa que acabar prejudicando minha filha no programa. Mas estou bem chateada de ver minha filha numa situação tão grave como essa. Não é brincadeira o que está acontecendo. Estou vendo como vou reagir a respeito, se vou ou não entrar com um advogado contra o menino (Daniel) — diz Claudia, que acompanhou tudo o que rolou no domingo no pay-per-view e tem certeza de que a filha está sem memória: — Monique não sabe mesmo o que aconteceu, perguntou para várias pessoas na casa o que tinha rolado, está perdida sem saber o que pensar sobre o que aconteceu. Ela estava apagada!


Nenhum comentário: