8 de jan de 2012

Fundação Roberto Marinho é investigada

[investigação]


"O Ministério Público Federal (MPF) fez um requerimento de informações  ao Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a auditoria de um contrato da Fundação Roberto Marinho com o Ministério do Turismo", informou o Jornal do Brasil no último dia 5. 


O caso em questão é o projeto "Olá, turista" que tinha parceria entre a Fundação Roberto Marinho e o Ministério do Turismo com o objetivo de capacitar 80 mil alunos para trabalhar no ramo. A Fundação dos Marinho recebeu 17 milhões em verbas do Ministério. A média por aluno sairia por R$ 176,00, excelente custo-benefício pois em outros treinamento o valor seria de R$ 330,00. O problema é que apenas metade dos número de alunos foram inscritos no cursos e destes 50% participaram efetivamente do treinamento.

Justificativa


Em seu relatório, o TCU aponta que o Ministério do Turismo não soube calcular a demanda ou buscar meios de aumentar a frequência dos alunos. A baixa procura e frequência do programa "Olá, Turista" fez com que casa profissional treinado custasse quase R$ 740, 300 % a mais do que o previsto inicialmente.

A Rede Globo não se pronunciou sobre o assunto e nada mencionou sobre o ocorrido até hoje nas reportagens.

Nenhum comentário: