25 de jul de 2009

PARA OS JOVENS UM ESPAÇO RADICAL


Vitor Ribeiro é eletrotécnico, carioca, mora no Ceará a pouco mais de um ano e pela imprensa ficou sabendo da realização do Halleluya. Quis conhecer o evento e em sua primeira noite no CEU (Condomínio Espiritual Uirapuru) aventurou-se no Fly, um dos aparelhos do espaço da radicalidade.“Muito emocionante”, declarou o rapaz após ficar de ponta a cabeça.
Outro atrativo são os mini shows com artistas locais. O espaço é favorável para uma fraterna convivência entre os jovens. “Aqui também desenvolvemos um trabalho de evangelização entre os jovens”, conta Darlan Pereira, 24, missionário, responsável pelo espaço.
A alegria é contagiante no ambiente. Existem jovens espalhados por todos os cantos, na lanchonete, na plateia dos mini shows, ao derredor dos aparelhos. Conversam, cantam, se divertem. Semblantes pacificados emoldurados de sorrisos testemunham a nova descoberta que fazem, a do amor de Deus.
O espaço da radicalidade aos poucos conquista os jovens do Halleluya e promete ser uma das grandes atrações e novidades do evento, nas próximas edições.

Nenhum comentário: