9 de dez de 2011

Ladrões agendam roubos pelas redes sociais

[dica]

É triste mas o que é um potente meio de comunicação instantânea já está sendo utilizado para o crime. As redes sociais como Facebook e Twitter estão servindo como plataforma para muitos assaltantes agendarem assaltos a internautas.

Por isso é preciso ter cautela e prudência naquilo que se posta. Aqui vão alguns conselhos.

 - Restrinja a exibição de suas fotos a seus amigos ou personalize quem pode vê-las. O Facebook oferece esta funcionalidade.

- Não ostente riqueza nas suas postagens;
- Seja discreto, evite postar sua rotina na Rede;
- Vai fazer uma viagem de final de semana, cuidado ao revelar detalhes sobre a mesma, os ladrões podem facilmente descobrir seu endereço e planejar uma "visita" indesejada à sua residência;

Veja este caso real que aconteceu, noticiado no Jornal Hoje da Rede Globo.


Animado na véspera de uma folga, um engenheiro fez o anúncio aos amigos em uma rede social. “Mandei uma mensagem dizendo: ‘Tô saindo pra viajar’, conta.

Enquanto ele aproveitava as férias, os ladrões se aproveitavam da informação e roubaram todos os eletrônicos e objetos de valor da casa dele. “Televisão, computador, máquina fotográfica, relógio”, diz o engenheiro. Para completar a ação. ‘O sujeito ainda foi desaforado e deixou a mensagem: 'a próxima vez que você for viajar avisa’.


Veja mais dicas de especialistas:


- Só aceite amizades de quem você realmente conhece.
- Não coloque fotos enquanto estiver viajando, isso quer dizer que você não está em casa.
- Não diga que vai sair ou pra onde vai.
- Nunca dê informações íntimas, pessoais na rede.
- Pense bem antes de escrever

Outro perigo é na Web é o roubo de identidade. Pessoas podem invadir seu perfil de usuário e provocar situações constrangedoras ou até mesmo com histórico de danos e perdas. Mais alguns cuidados:

- Em lan-houses e no trabalho certifique-se que suas contas foram devidamente conectadas;
- Desligue dispositivos de transmissão de dado sem fio como o bluetooth;
- Não forneça dados privados de sua conta como login ou senha em e-mail;
- Não recadastre conta bancária por e-mail. As agências não reconhecem este procedimento e muito menos envia tais  pedidos;
- Evite repassar correntes virtuais mesmo aquelas com imagens que sensibilizam, muitas vezes são apenas transmissoras de vírus;

Outros crimes virtuais:

Roubo de identidade
Os piratas virtuais enganam os internautas e se apoderam de suas informações pessoais para fazer compras on-line ou realizar transferências financeiras indevidamente. Clique aqui para ver como funcionam as fraudes virtuais.

Segundo o IPDI (Instituto de Peritos em Tecnologias Digitais e Telecomunicações), pessoas que usam a informática para roubar identidades podem responder por estelionato, furto mediante fraude, intercepção de dados, quebra de sigilo bancário e formação de quadrilha.

Pedofilia
Internautas criam sites ou fornecem conteúdo (imagens e vídeos) relacionado ao abuso sexual infantil.

Calúnia e difamação
Divulgação de informações --muitas vezes mentirosas-- que podem prejudicar a reputação da vítima. Estes crimes tornaram-se mais comuns com a popularização do site de relacionamentos Orkut.

Ameaça
Ameaçar uma pessoa --via e-mail ou posts, por exemplo--, afirmando que ela será vítima de algum mal.

Discriminação
Divulgação de informações relacionadas ao preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Também tornou-se mais comum, na época, com a popularização do Orkut.

Espionagem industrial
Transferência de informações sigilosas de uma empresa para o concorrente. A tecnologia facilita este tipo de ação, já que um funcionário pode copiar --em um palmtop ou memory stick, por exemplo-- o equivalente a quilos de documentos. 

Fique ligado e saiba aproveitar a internet da melhor forma para não vir a ter problemas futuros.

Nenhum comentário: