24 de dez de 2011

Assim era o meu Natal

[vida real]

Realmente a iminência do  Natal nos traz muitas recordações, algumas da infância. Comigo, neste ano  não foi diferente.

Recordo que era um tempo de muitas expectativas. Era dia de ir à cidade para a Missa do Galo que começava à meia noite. Antes e depois da celebração a pracinha da matriz se enchia de famílias que passeavam de um lado a outro desdobrando as felicitações.


Durante o dia, e isso  até o final do ano, uma tradição era a troca de mimos entre os vizinhos. Fosse uma lata de doce ou uma tora de queijo, tudo era feito para agradar. Era tempo também de roupa nova.

Na Igreja o presépio era fascinantes, imagens grandes e em local de destaque. Tudo preparado com muito esmero e dedicação. A Igreja lotava e prestava muita atenção no "sermão" embora não recorde de nenhum.

Assim era meu Natal em Morrinhos, cidade onde nasci. Um dia de muita festa, animação, confraternização e celebração. O tempo passa e mais de vinte anos depois ficam as lembranças de como era bom celebrar o nascimento do Menino Deus. 

Nenhum comentário: