14 de dez de 2011

Facebook ajuda pessoas com ideias suicidas

[notícia do bem]

A maior Rede Social do  mundo lança um serviço exemplar, o de prevenção a suicídios. A ferramenta, além de apresentar um telefone de ajuda para estes casos vai disponibilizar um chat com especialistas prontos a conversar com pessoas que tenham esta  pretensão mórbida.

A Espanha declarou o suicídio como um caso de saúde pública.De acordo com os últimos dados do INE, em 2009 cerca de 3.500 pessoas tiraram as suas vidas na Espanha. Contas que vão além  para o vice-presidente da Sociedade Espanhola de Psiquiatria Legal, Alfredo Calcedo, que calcula uma taxa de 10,5 suicídios por 100.000 habitantes, ou seja, 4.500 mortes por ano.


Leia mais sobre o assunto aqui.

Assim noticia o site do Estadão sobre como funciona a ferramenta: "Quando um amigo detecta pensamentos suicidas na página de alguém, pode informar a equipe da rede social clicando num ícone ao lado do comentário. O Facebook envia, então, um e-mail à pessoa que postou o comentário suicida, estimulando-a a fazer uma ligação ou a começar uma conversa online confidencial".


Nenhum comentário: