2 de out de 2011

Eles foram deportados

[real]

Na viagem para a Jornada Mundial da Juventude conheci duas pessoas durante o voo. Uma ia para o encontro e a outra faria uma escala em Madrid rumo a Portugal. 

O jovem com destino à JMJ havia decidido de última hora embarcar. E a moça, do interior do Ceará estava ansiosa com a primeira viagem internacional. 

Na correria do desembarque, apresentação à Polícia Federal e afã de pegar as malas nos separamos e somente hoje tive notícia do que acontecera com os dois no aeroporto de Bajara. Foram deportados. Lamentei bastante. 

Tinha até feito uma entrevista com o jovem que ia para a Jornada no avião. Disse-me que ficou tranquilo mas a moça não parou um só instante de chorar. 

Para viagens internacionais o controle está cada vez mais cerrado sobretudo na Espanha. Eles querem embargar possíveis casos de prostituição e de aventureiros que queiram ficar na cidade clandestinamente.

É correto o cuidado do país, mas fica uma pergunta, a rigidez no trato com os estrangeiros que cruzam nossa fronteira é a mesma? 


Nenhum comentário: