21 de nov de 2010

"Confissões" de Agostinho recebeu nome graças à dica da Tia

Grandes Personalidades Desconhecidas da Humanidade: Nesta seção você encontrará figuras notáveis da sociedade de todas as épocas, até então desconhecidas.
Raimundinha de Hipona (295 - 373 d.C)

Cristã de elevada piedade e dona do maior salão de beleza de Hipona, estamos falando Raimundinha,a simpática e bem humorada irmã de Mônica, tia de Agostinho.

"Polcher" era o nome de seu salão de beleza que recebia os mais diversos tipos de personalidades. Raimundinha guardava com extremo cuidado uma cópia da original carta aos Diognetos cujo conteúdo era uma retratação da vida dos primeiros cristãos.

Muitas foram as noites passadas em claro desta mulher fazendo vigília em intercessão pelo sobrinho, juntamente com a irmã caçula Mônica.

Após receber a graça que tanto havia pedido, Mundica, como era conhecida na pacata cidade, incentivou Agostinho a escrever seu testemunho de vida e sabendo de sua incrível inteligência pediu-lhe que, associado ao testemunho, escrevesse textos que pudessem combater e refutar as correntes de pensamento filosóficas e heréticas da época.

Mundica surpreendeu-se ao receber das mãos de Agostinho, em seu salão, o rascunho intitulado "pronto, falei" no qual era narrado a vida e conversão do pensador, agora, cristão.

Agostinho fez questão, enquanto seus cabelos eram cortados pela tia, de comentar alguns trechos da recente obra. Mundica não resistiu e chorou de emoção. Ao final fez apenas uma observação ao talentoso escritor, que mudasse o nome do livro para "Confissões". A dica foi aceita.

Nenhum comentário: