1 de dez de 2012

Seca em Fortaleza: Falta água e respeito


SECA EM FORTALEZA

Estamos vivendo uma das piores secas no estado do Ceará, mas em Fortaleza também testemunhamos uma triste estiagem. A Seca no Ceará é, em muito, pela  falta de chuva, já a de Fortaleza deve-se a incompetência da Concessionária responsável pelo abastecimento, a Cagece. 

Amigos, desde o dia 15 (só para falar deste mês) falta água nas torneiras na minha rua (Bairro: Jardim Guanabara). Imaginem os transtornos. Inúmeras vezes liguei e a resposta das atendentes é sempre a mesma, "o abastecimento d'água, senhor, será normalizado em 48 horas". 

Questiono o método de aferição da conta, pois, como pode faltar água - como aqui já aconteceu - por 20 dias e o valor vir o mesmo como se estivesse normal? Será que está tudo correto? será que não tem gente se beneficiando com isso?


Outra coisa, minha mãe é quem cuida da casa, ela é cardíaca, recentemente  fez duas angeoplastias. É do conhecimento de todos que pessoas com este histórico  não podem levantar peso. Mas, se não tem água na torneira, qual seria a outra opção,além de transportar água em baldes?

E ainda, torna-se necessário o mantimento de reservatórios de água além da Caixa. Quem garante que os vizinhos armazenam o líquido em local adequado, em recipientes limpos e tampados? Ou seja, além dos transtornos corremos o risco de criar focos do mosquito da dengue. 

Afinal, quem pode resolver a situação? Qual é o problema mesmo da Cagece? Não tem competência e estrutura para gerir o abastecimento de uma capital? Dinheiro parece que não falta, pois as contas chegam todos os meses. Então falta boa vontade e empenho? Pena que o pedido de instalação de CPI foi negado. 

Restou-me o apelo nas redes sociais e imprensa. Uma das instituições que fazem valer a voz do cidadão. Enquanto não a calam lanço meu apelo. 

Vanderlúcio Souza 
@vanderluciosz

Nenhum comentário: